Empresas de transporte por aplicativo têm 60 dias para se cadastrarem na Strans

As empresas Operadoras de Tecnologia de Transporte – OTTs devem se cadastrar na Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito no prazo de 60 dias, a partir da data de publicação da portaria no Diário Oficial do Município, divulgada no dia 30 de maio de 2019.  A medida faz parte da adequação da Lei Municipal 5.324, que disciplina o serviço de transporte remunerado privado individual de passageiros.

A gerente de Licenciamento e Concessão da Strans, Cíntia Machado, esclarece que não são os motoristas que devem fazer o cadastro na superintendência e sim as empresas em que trabalham.

“Algumas pessoas estão com essa dúvida. Os motoristas devem procurar a empresa que prestam seus serviços, com seus documentos e os do veículo que utilizam, para que elas possam vir até a Strans e fazer o cadastro de todos os funcionários. É preciso trazer os documentos da empresa também”, explicou a gestora.

Clique aqui para acessar o decreto.

Projeto da Strans atende empresas e órgãos com educação no trânsito

Empresas, órgãos públicos, associações de moradores, igrejas, escolas ou qualquer entidade pode solicitar junto à Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) a realização de palestras educativas sobre trânsito. Essa ação é do Projeto Stransformando com a coordenação da Gerência de Educação de Trânsito.

As palestras são desenvolvidas com o uso de material educativo como cartazes, vídeos e panfletos, com a finalidade de informar sobre condutas corretas no trânsito, prevenção de acidentes e sobre a legislação. É também objetivo do projeto que os participantes sejam multiplicadores das informações em diversos ambientes. O interessado pode manter contato pelo fone 3122-7635 e a solicitação deve ser por ofício para essa gerência que funciona na sede da Strans, Rua Pedro Freitas, 1252, bairro Vermelha, zona Sul de Teresina.

Para a gerente de Educação no Trânsito da Strans, Samyra Motta, o projeto Stransformando é para melhorar o comportamento das pessoas no trânsito. “As palestras são muito solicitadas por empresas que percebem afastamento de funcionários com problemas de saúde causados por acidentes de trânsito, mas também atendemos escolas, faculdades e em menor escala os órgãos públicos. Nossa meta é contribuir com a educação dos condutores e pedestres para que cumpram a legislação e sejam sensibilizados para desempenharem o papel de multiplicadores dessas informações”, diz.

O projeto Stransformando está atendendo mais pessoas este ano e só nos primeiros seis meses de 2019 houve aumento de 5,3% em relação a todo o ano de 2018. No ano passado foram atendidas com palestras 3.637 pessoas e de janeiro a junho deste ano já somam 3.839 participantes.

Strans implementará binário na zona Sul de Teresina

O bairro Piçarra passará por grande mudança nas sinalizações das vias a partir do próximo mês. As ruas Picos e Odilon Araújo serão as vias que sofrerão modificações em seus sentidos. Elas farão um binário, em que a Rua Odilon Araújo passará a ser Bairro/Centro e a Rua Picos terá sentido contrário ficando Centro/Bairro.

De acordo com o diretor de trânsito e sistema viário, José Falcão, o binário faz parte de uma série de mudanças que acontecerão na região da Piçarra para melhorar o fluxo do trânsito no local.

“Essa região possui muitos comércios e precisa de mudanças nas sinalizações das ruas para melhorar o fluxo de carros e pedestres. O binário significa que uma rua fica em um sentido e a outra fica no sentido contrário. Colocando as ruas em mão única fica mais fácil para os carros trafegarem e evita acidentes”, explicou o gestor.

A Rua Odilon Araújo ainda contará com uma ciclofaixa, que faz parte das intervenções na Piçarra.

Confira os mapas

Binário do bairro Piçarra (01)

Binário do bairro Piçarra (02)

Binário do bairro Piçarra (03)

Strans deve aumentar em 40% os testes de alcoolemia durante blitzen

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), em parceria com outros órgãos de trânsito, está realizando este ano mais blitzen de fiscalização. Com essa ação, a constatação é que até o final do ano terá aumento de 20% no número de abordagens aos condutores de veículos e de 40% no número de testes de alcoolemia para constatar a presença de álcool na corrente sanguínea.

Os dados são da Diretoria de Operações de Trânsito da Strans e especificam que no ano de 2018, durante as blitzen de fiscalização, foram realizadas 24.501 abordagens a veículos e destes, 3.105 condutores foram submetidos a testes de alcoolemia, 104 haviam ingerido álcool e considerados com embriaguez administrativa e 34 casos em que o condutor estava com índices acima de 0,36ml foram submetidos à aplicação da lei, que determina prisão em flagrante delito, condução para a Central de Flagrantes e suspensão do direito de conduzir veículo por até um ano.

Este ano, até o dia 19 deste mês, já foram realizadas 14.910 abordagens e 2.218 testes de alcoolemia, sendo identificados 52 casos com embriaguez administrativa e 12 casos com constatação de embriaguez.

Para coronel Jaime Oliveira, diretor de Operações e Fiscalização de Trânsito da Strans, já se percebe o aumento na identificação dos casos de condutores embriagados. “Esse índice maior deve-se a intensificação da fiscalização, pois os condutores ainda insistem em beber e dirigir”, diz. Ele especifica que as blitzen são em parceria com o Detran, Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (CIPTRAN), Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) e Polícia Militar e são realizadas de quinta a domingo, em vários pontos da cidade, das 23h às 4h.

O diretor de Trânsito e Sistema Viário da Strans, José Falcão, esclarece que os dados das operações de trânsito são determinantes para que ações sejam planejadas tanto para blitz, como ações educativas, e ainda para as intervenções na área de engenharia. “Diariamente são realizadas blitzen e os condutores infratores são submetidos à legislação. Nossos dados são tornados públicos no portal da Prefeitura de Teresina para que qualquer pessoa tenha acesso, mas a nossa intenção é que as pessoas evitem esse tipo de comportamento para termos em Teresina um trânsito mais seguro”, analisa.

A gerente de Educação no Trânsito da Strans, Samyra Motta, avalia que é urgente a necessidade de mudança de comportamento dos condutores. “Temos fiscalização nas vias, realizamos campanhas educativas nas escolas e empresas com o Programa Vida no Trânsito e organizamos os dados de ocorrências para serem utilizados no planejamento de ações. Todos sabem que é crime beber e dirigir, é perigoso e o importante não é o valor da multa, é a vida das pessoas, pois ainda são verificadas muitas mortes e pessoas com sequelas”, destaca.

Uso do celular está entre as infrações mais cometidas pelos condutores em Teresina

Uma das causas de acidentes de trânsito é o uso do celular. O aparelho eletrônico distrai condutores e pedestres, provocando colisões entre veículos e atropelamentos. Segundo estudo do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), o uso do celular no trânsito aumenta em até 400% o risco de acidentes. Em 2018, foram registradas mais de 4 mil multas, em Teresina, relacionadas a utilização do aparelho. As infrações estão entre as dez mais cometidas pelos condutores.

O Gerente de Operação e Fiscalização da STRANS, Denis Lima, explica que hoje existem três tipos de infrações relacionadas ao celular no trânsito e chama atenção para a distração do condutor ao ler e mandar mensagens, mesmo parado no sinal vermelho.

“Atualmente nós temos três tipos de infração quando nos referimos à celular. Não é permitido manusear, utilizar e segurar o telefone. Segurar e manusear são infrações gravíssimas e utilizar o celular é infração média. As pessoas também precisam entender que ler e mandar mensagem, com o carro parado ou não, é perigoso porque tira a atenção completamente do trânsito. São esses e outros motivos que distraem o condutor e acabam provocando os acidentes”, declarou o gerente.

Uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde apontou que um em cada cinco brasileiros admite usar o celular enquanto dirige. A publicitária Sara Barros faz parte desta estatística e afirma que levou algumas multas por dirigir utilizando o telefone celular, mas reconhece que comete uma infração gravíssima e se policia para acabar com essa má conduta.

“Uso o celular no trânsito quando sinal está fechado pra responder uma mensagem ou olhar uma conversa, mas acabo me distraindo. O sinal abre e não me dou conta porque estou entretida na tela. É um comportamento errado da minha parte e reconheço. Por causa disso, já levei algumas multas. Estou tentando mudar esse hábito, porque sei que eu e outras pessoas corremos riscos com essa conduta”, relatou.

Strans faz campanha de educação no trânsito voltada para os pais de alunos

“De pais para filhos” é a nova campanha de educação no trânsito que está sendo iniciada com a colocação de placas educativas nas proximidades de 19 escolas da zona Leste e do Centro de Teresina. A iniciativa é da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (STRANS), para que os adultos, e em especial os pais, possam dar bons exemplos para as crianças e adolescentes no trânsito.

As placas contém as mensagens: “Ao estacionar em fila dupla você ensina seu filho que as leis não importam”, “Seja um bom exemplo para seu filho. Respeite a sinalização”. “Se as leis de trânsito não importam para você, imagina para seu filho”, “Seu filho precisa do seu cuidado e do seu exemplo. Respeite as leis de trânsito”.

Samyra Motta, gerente de Educação no Trânsito da STRANS, diz que são percebidas ações de conflito no trânsito devido ao comportamento de pais e condutores que não respeitam as leis de trânsito. “Queremos despertar e conscientizar condutores, que fazem percurso de deixar e pegar crianças nas escolas, para agirem de forma correta. Não estacionar em local proibido, em fila dupla e na faixa de pedestre onde o filho vai passar são alguns cuidados que podem ser tomados. O nosso objetivo é orientar esses pais e condutores para que sejam exemplos para os seus filhos”, informa.

Para o diretor de Trânsito da Strans, José Falcão, é necessário criar hábitos corretos e seguros no trânsito, principalmente nos momentos em que crianças e adolescentes estão sendo conduzidos para a escola, porque gera educação. “Além dessa iniciativa, no início das aulas serão intensificadas ações nas áreas próximas das escolas como continuidade das ações educativas. Todos nós formamos o trânsito, seja como pedestre, ciclista, motociclista ou condutor de veículos e até passageiros do sistema de transportes” explica.

Valneyde Holanda, policial civil, reside há 30 anos na rua Senador Cândido Ferraz, e tem muitas dificuldades para sair do prédio em alguns horários, devido aos hábitos errados de condutores. “É preciso educar mães e pais de alunos, porque muitos não respeitam a sinalização e estacionam o carro fechando as garagens das pessoas que moram nas proximidades das escolas. Infelizmente muitos não têm boa educação”, diz.

Strans inicia nesta segunda (17) a renovação de permissão dos mototaxis

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) inicia nesta segunda-feira (17) a vistoria dos veículos das permissões dos mototaxistas. O prazo se estende até o dia 15 de agosto.

De acordo com a gerente de Licenciamento e Concessão da Strans, Cíntia Machado, a renovação da permissão será feita somente na sede do órgão. “De acordo com o decreto número 18.684, de junho de 2019, a permissão passará a ter validade de dois anos, entretanto será feita todos os anos a vistoria do veículo”, explicou.

A gerente reforça ainda que os documentos exigidos são a permissão original, o documento do veículo, CNH do permissionário, certidão negativa do município, curso de transporte de passageiro mototaxista e a ficha de vistoria que será realizada na Strans. “O mototaxista deve apresentar a carteira de habilitação que permite o transporte de passageiros de forma remunerada. Alertamos ainda que os permissionários devem apresentar também a documentação do segundo operador do veículo”, explicou.

Durante a vistoria serão analisadas as condições de funcionamento e de segurança do veículo, além dos acessórios. “Vamos vistoriar as condições gerais das motos e a validade dos capacetes, que é de apenas três anos. Os mototaxistas que não renovarem a permissão correm o risco de perder a autorização para trabalhar”, pontuou Cíntia.

Além da data da validade da permissão, o decreto faz também uma redução nos valores das multas administrativas, que estão dispostas no Código Disciplinar do regulamento dos serviços de mototáxi do município de Teresina. “Levando em conta a crise financeira que o país está passando e também as dificuldades que os mototaxistas têm em se regularizar, a Prefeitura fez uma redução nos valores das multas. Com isso a expectativa é que a categoria faça a renovação da permissão no prazo previsto”, finalizou a gestora.

 

Corredor Leste completa 30 dias e apresenta melhoria na fluidez do trânsito

Após 30 dias de funcionamento do Corredor Leste, no trecho que compreende a Avenida Presidente Kennedy, já é possível perceber resultados positivos tanto na fluidez dos veículos de passeio, quanto no funcionamento do Corredor Segregado Exclusivo para ônibus.

De acordo com o diretor de Trânsito da Strans, José Falcão, as intervenções realizadas ao longo da avenida foram feitas para que o Corredor Exclusivo para ônibus fosse implantado e para proporcionar mais fluidez na via.  “O crescimento da frota de veículos tem trazido para Teresina muitos problemas, por isso estão sendo realizadas várias obras em todos os bairros da cidade para proporcionar uma melhoria no sistema de transportes públicos”, explicou.

Falcão ressalta que assim como em outras avenidas da cidade, o fechamento de retornos ao longo da Avenida Presidente Kennedy foi necessário para que o trânsito ganhasse mais agilidade. “Fizemos melhorias nas vias perpendiculares à Avenida Presidente Kennedy para que condutores consigam transitar com mais agilidade. Além disso, criamos cruzamentos semaforizados para ordenar melhor o trânsito no local”, acrescentou.

Após a implantação de todos os semáforos, foi realizado um trabalho de sincronia semafórica que visa proporcionar mais segurança e agilidade no trânsito. “Fizemos ajustes nos semáforos para que a chamada “onda verde” começasse a funcionar ao longo da avenida. Com essa sincronia proporcionamos um trânsito mais seguro para todos”, enfatizou.

Morador da Rua Alaíde Marques há mais de 20 anos, o administrador de empresas Ronaldo Araújo, que usa carros todos os dias para se deslocar da sua casa para o trabalho, afirma que as mudanças feitas ao longo da Av. Presidente Kennedy proporcionaram um trânsito melhor para todos. “No início eu estanhei um pouco, mas com o passar dos dias comecei a perceber que o fluxo de veículos estava melhor. Os semáforos abrem todos de uma vez, com isso ganhamos tempo. Além disso, os semáforos para pedestres têm trazido mais segurança para as pessoas”, finalizou.

O servidor público Maurício Teixeira Soares, que mora no Planalto Ininga e é usuários dos transportes públicos, acredita que as mudanças feitas na Av. Kennedy e o funcionamento do Terminal Zoobotânico foram positivas. “Estou satisfeito com o corredor exclusivo, pois com isso estou chegando mais rápido ao centro da cidade”, finalizou.

 

Strans interdita Rua Rui Barbosa para ajustes em canaletas

Por conta de um ajuste na canaleta no cruzamento da Rua Rui Barbosa com a Rua Félix Pacheco, próximo à Praça Saraiva, nesta sexta (14), a partir das 20h, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) irá interditar totalmente o local. O serviço será feito no sábado (15) e domingo (16) e a via deverá ser liberada para circulação de veículos somente na segunda (17), após a conclusão do asfaltamento.

Os ônibus que circulam neste trecho farão o desvio pela Avenida José dos Santos e Silva, por isso o embarque e desembarque que acontece na Praça Saraiva será no cruzamento da Rua José dos Santos e Silva com a Rui Barbosa, no sentido oposto ao Colégio Certo.

“Estaremos no local com nossos agentes de trânsito e fiscais do transporte público para orientar os condutores e os usuários dos ônibus”, afirmou Denilson Guerra, gerente de planejamento da Strans.

O gerente alerta ainda que os condutores evitem circular no local por conta da interdição das vias. “Aconselhamos às pessoas façam o uso das rotas alternativas para evitam maiores problemas no local”, finalizou.

 

Strans finaliza estações na Avenida Prefeito Wall Ferraz

Estão em fase de finalização as estações para embarque e desembarque de passageiros, no Corredor Segregado de ônibus Sul II, trecho que compreende a Avenida Prefeito Wall Ferraz, na zona Sul da cidade.

Cada corredor tem uma quantidade de estações específicas para atender ao número de ônibus que devem circular pelos locais. Ao longo do corredor, que compreende a Avenida Prefeito Wall Ferraz, são 10 estações climatizadas de embarque e desembarque de passageiros.

De acordo com a engenheira Adélia de Melo, as estações já estão climatizadas. “Todas as estações têm o mesmo padrão de cobertura. Estamos na fase de acabamento e teste de funcionamento das estações, a expectativa é que em breve o corredor seja entregue para a população”, acrescentou.

A engenheira informa que as estações estão sendo finalizadas, inclusive a automação das portas já foi feita. “A fase de comunicação visual e sinalização das estações deve ser concluída hoje. Foram colocados os adesivos para que os usuários possam receber todas as informações necessárias para utilizar o sistema”, finalizou.

Já estão em pleno funcionamento dos Corredores Sul I e II, que são compostos pelas Avenidas Miguel Rosa, Barão de Gurgueia e Henry Wall de Carvalho; o Corredor Leste, que compreende a Avenida João XXIII e a Avenida Presidente Kennedy, e o Corredor Sudeste, composto pela Avenida Industrial Gil Martins.