Novo semáforo começará a funcionar a partir deste sábado (20) na Piçarra

Um novo semáforo começará a funcionar na região da Piçarra, zona Sul de Teresina, a partir deste sábado (20), no cruzamento da Avenida Miguel Rosa com a Rua São Raimundo.

Na Avenida Higino Cunha, entre a São Raimundo e Odilon Araújo, haverá modificação no semáforo já existente, que será invertido, respeitando o sentido das vias. As intervenções fazem parte de uma série de mudanças na região para ordenar melhor o trânsito.

Os condutores que trafegarem pela Rua São Raimundo poderão dobrar à direita ou esquerda na Avenida Miguel Rosa. Aqueles que vierem pela Avenida Odilon Araújo poderão fazer a conversão à direita e à esquerda na Avenida Higino Cunha, e ainda seguir em frente acessando a São Raimundo.

De acordo com o diretor de trânsito e sistema viário da Strans, José Falcão, os semáforos irão organizar o trânsito com as mudanças nos sentidos das vias e com o binário. “Como iremos implantar um binário e mudar o sentido das vias, precisamos da sinalização semafórica para ordenar o tráfego nos cruzamentos das vias, que são movimentadas. Assim, os condutores e pedestres terão mais segurança nas travessias”, explicou.

Veja nos mapas:

Região da Piçarra sofrerá intervenções no trânsito a partir deste sábado (20)

A região da Piçarra, zona Sul de Teresina, passará por várias intervenções no trânsito. A primeira mudança ocorrerá neste sábado (20), com o binário das ruas Odilon Araújo e Picos, que terão os sentidos bairro/Centro e Centro/bairro, respectivamente. A medida vai melhorar o tráfego dos condutores que se deslocam da ponte Ancelmo Dias para o Centro da capital.

O diretor de trânsito e sistema viário da Strans, José Falcão, explica que as mudanças beneficiarão os comerciantes do bairro e os clientes que encontram dificuldades no fluxo do trânsito.

“Essa região é muito movimentada por causa dos empreendimentos que existem no local e há grande fluxo de condutores e pedestres. Por isso, iremos fazer várias intervenções, tornando algumas ruas sentido único, melhorando a sinalização e proporcionando alternativas de rotas para a população. Com isso, quem faz compras na região vai sentir uma melhora significativa”, declarou o diretor.

Reuniões com comerciantes

Ao longo dos meses de maio e junho, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsitos participou de reuniões com os comerciantes do bairro Piçarra para explicar as mudanças no trânsito que seriam feitas na região. Além de mostrar o projeto, os gestores da superintendência ouviram sugestões e tiraram todas as dúvidas dos trabalhadores.

Para a administradora do Mercado da Piçarra, Glória Silva, estas reuniões são importantes para esclarecer as dúvidas e explicar como ficará o trânsito após as intervenções. “Sabemos que sempre que têm mudanças as pessoas estranham um pouco, mas tendo estas reuniões, os comerciantes podem ir se acostumando e entendo a necessidade das intervenções. Achamos que pode melhorar para nós e para os clientes também”, afirmou a administradora.

 

Strans capacita equipes para auxiliar usuários do Sistema Inthegra

Para ajudar na divulgação do início do funcionamento do Terminal de Integração Santa Lia, que começa a funcionar sábado(27), a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) vai realizar, nesta quarta (17), às 9h30, uma capacitação com as pessoas que vão trabalhar no “Posso Ajudar”.

A ação de divulgação começa na próxima semana, nos turnos manhã e tarde, inicialmente fazendo um trabalho de porta em porta, nos bairros Árvores Verdes, Campestre, Giovane Prado, Morada do Sol, Novo Uruguai, O Sonho Não Acabou, Parque Universitário, Piçarreira, Planalto Uruguai, Porto do Centro, Primavera Leste, Residencial Miriam Pacheco, Residencial Sigefredo Pacheco I, II e III, Residencial Wilson Martins Filho, Samapi, Santa Isabel, Santa Lia, Satélite, Taquari, Vale do Gavião, Vale Quem Tem, Verde Lar, Vila Bandeirante I e II, Vila Firmino Filho, Vila Fraternidade e Moradia, Vila Isabel, Vila Madre Teresa, Vila Maria, Vila Padre Cícero, Vila Samaritano, Vila Santa Bárbara, Vila São José, Vila Teresa Britto e Vila Uruguai.

No sábado (27), as equipes estarão nas estações do Corredor Leste, que é composto pelas Avenida João XXIII e Presidente Kennedy e também no Terminal Santa Lia.

De acordo com o Gerente de Planejamento da Strans, Denilson Guerra, o encontro com as pessoas que vão ajudar na divulgação é muito importante. “A partir da próxima semana, estaremos com o pessoal nas ruas para tirar as dúvidas dos usuários sobre o funcionamento do corredor Leste e do Terminal Santa Lia. Nesse encontro mostraremos para eles como será o funcionamento de ambos e explicaremos como eles deverão abordar as pessoas e esclarecer as dúvidas”, disse.

Guerra explica que algumas linhas passaram por ajustes para oferecer uma melhor atendimento. “Toda mudança gera um certo desconforto, mas com o passar do tempo as pessoas deverão entender o funcionamento do Sistema Inthegra e perceber que o atendimento irá melhorar”, acrescentou.

Eléry Saldanha, que coordena as equipes do Posso Ajudar, enfatiza que incialmente será realizado um trabalho porta a porta em todos os bairros que serão atendidos pelo Terminal de Integração Santa Lia, em seguida as equipes irão para as estações .“Com o terminal em funcionamento, as equipes estarão presentes para tirar as dúvidas dos usuários. O nosso pessoal vai conversar com todos e explicar como será o funcionamento do corredor e do terminal”, finalizou.

Com o objetivo de explicar o funcionamento do Sistema Inthegra e do Terminal de Integração Santa Lia, na zona Leste da cidade, aconteceu sábado (13) uma reunião com as lideranças comunitárias da região.

De acordo com o Gerente de Planejamento da Strans, Denilson Guerra, o encontro foi promovido para apresentar para as lideranças o modo como a operação vai acontecer a partir do dia 27, quando iniciar o funcionamento do Terminal Santa Lia. “Mostramos as novas alternativas para os usuários de transportes públicos, para que as lideranças nos ajudem a explicar o funcionamento do terminal para a população”, acrescenta.

Francisco Eduardo, que mora no bairro Campestre, considera que a reunião foi muito proveitosa, pois várias dúvidas das lideranças foram esclarecidas. “Quando recebi o convite, fiz questão de comparecer para conhecer melhor o sistema e ajudar a explicar para os moradores do meu bairro”, disse.

O presidente da Associação de Moradores do Bairro Picarreira I, Sinval Cunha, revela que a expectativa com relação ao funcionamento do Terminal Santa Lia é a melhor possível. “Ficamos surpresos com a estrutura do terminal. Hoje enfrentamos problema com os horários dos ônibus e com a superlotação, o nosso desejo é que com o funcionamento do terminal essas questões sejam resolvidas e que as pessoas consigam chegar aos seus compromissos no horário certo”, finaliza.

Projeto Stransformando forma multiplicadores sobre práticas corretas no trânsito

Com o projeto Stransformando – que trabalha a educação no trânsito – empresas, órgãos e escolas podem solicitar palestras sobre como deve ser o comportamento dos condutores e pedestres no trânsito, respeitando a vida e a legislação. Na manhã desta sexta-feira (12), aconteceu mais uma dessas ações para funcionários da empresa Copperline. O projeto Stransformando é desenvolvido pela Gerência de Educação no Trânsito, da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans).

A abordagem durante a palestra acontece com vídeos que mostram cenas de acidentes e a imprudência, seja por excesso de velocidade, uso do celular ou outras formas de desrespeito à legislação. O agente de trânsito Francisco Sidney, que faz esse trabalho, explica que a meta é também fazer com que as pessoas mudem o comportamento. “Queremos sensibilizar para que abandonem as condutas erradas, como beber e dirigir, não obedecer à legislação e que se coloquem no lugar do outro que é vítima de acidente. Ficamos satisfeitos porque percebemos que as pessoas refletem sobre a sua prática e incentivamos para que sejam agentes de multiplicação de informações”, diz.

O auxiliar de entregas de material Flávio Júnior Medeiros, 28 anos, passa várias horas trabalhando em deslocamento pela cidade e observa muita imprudência. “Nessa palestra eu renovei meus conhecimentos, tem muito condutor que não respeita os demais e eu considero importante todos terem consciência que é preciso obedecer a lei”, diz.

Quem também esteve na palestra foi o operador de máquinas, João Martins, 28 anos, que se desloca para o trabalho em uma motocicleta. “Acho importante receber a ação desse projeto sobre a conscientização de todos, olhar para os outros e não apenas para si. Tive muito aprendizado nessa palestra e vou repassar as informações”, especifica.

Novo binário vai facilitar acesso das linhas alimentadoras ao Terminal Bela Vista

Começa a funcionar neste sábado (13) o novo binário formado entre as ruas Ercinio Fortes (centro/bairro) e João Resende (bairro/centro), no bairro Bela Vista, na zona Sul da cidade. A mudança tem como objetivo melhorar a fluidez do trânsito na área.

De acordo com o diretor de Trânsito e Sistema Viário da Strans, José Falcão, a criação do binário vai assegurar a fluidez dos veículos na região e melhorar o acesso das linhas alimentadoras até o Terminal Bela Vista. “Com o funcionamento desse binário daremos mais agilidade para os ônibus que se deslocam dos bairros para o terminal”, disse.

Falcão alerta ainda que nos primeiros dias de funcionamento os agentes de trânsito da Strans estarão no local para orientar os condutores que utilizam a via.

Clique aqui para ver o mapa do novo binário

Strans realiza encontro com lideranças da zona Leste neste sábado (13)

Com o objetivo de explicar o funcionamento do Sistema Inthegra e do Terminal de Integração Santa Lia, na zona Leste da cidade, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) vai realizar, no próximo sábado (13), às 8h30, no Terminal Santa Lia, uma reunião com as lideranças comunitárias da região.

De acordo com o diretor de Transportes Públicos da Strans, Francisco Nogueira, o encontro com as lideranças comunitárias é para manter diálogo com a população, para esclarecer todas as dúvidas sobre o funcionamento do Terminal Santa Lia e dos corredores das avenidas João XXIII e Presidente Kennedy. “Vamos explicar como serão todos os serviços, as rotas dos ônibus, sobre o novo terminal e o atendimento na zona Leste. Nossa ideia é que as lideranças assistam a apresentação do Sistema Inthegra, entendam o funcionamento do terminal e nos ajudem a mostrar para os usuários as vantagens e benefícios do serviço”, diz.

Nogueira reforça que a expectativa é que o Sistema Inthegra traga um transporte público mais ágil e mais seguro para os usuários. “Já estamos com outros cinco terminais em funcionamento e com o Santa Lia toda a zona Leste estará integrada”, acrescenta.

Manoel Mariano Júnior, que mora no Vale do Gavião há nove anos, considera que a reunião com as lideranças comunitárias é muito importante para que as pessoas que moram naquela região da cidade fiquem conhecendo o funcionamento do Terminal Santa Lia. “É uma excelente iniciativa e estamos dispostos a colaborar para que o terminal funcione da melhor forma possível”, diz.

Rua Angélica terá sentido único em trecho entre avenidas Dom Severino e Poti

A Rua Angélica, bairro de Fátima, terá sentido único, a partir do próximo sábado (13), no trecho entre a Avenida Dom Severino e Avenida Rio Poti, para acesso à Avenida Nossa Senhora de Fátima. No local já foram colocadas placas de sinalização para orientar os condutores.

José Falcão, diretor de Trânsito e Sistema Viário da Strans, explica que é um pequeno ajuste que vai facilitar o acesso dos condutores. “Essa mudança é necessária e os condutores vão ter mais agilidade no acesso à Avenida Nossa Senhora de Fátima”, diz.

As recentes mudanças que ocorreram na cidade de Teresina têm favorecido a circulação de veículos nas vias e são planejadas por equipes de engenharia.

Operações de fiscalização da Strans identificam desrespeito à legislação de trânsito

Diariamente são realizadas em Teresina operações de fiscalização feitas pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans). Estas ações têm o objetivo de coibir o desrespeito às leis de trânsito e são fundamentais para garantir a segurança viária dos condutores e pedestres.

“Todos os dias, os agentes saem às ruas para garantir a segurança viária da população no trânsito. As fiscalizações servem para detectar situações de furto e roubo de veículos, motoristas que dirigem sem habilitação, alcoolizados, dentre outras situações que coloquem em risco as suas próprias vidas e dos usuários das vias públicas”, declarou.

Na operação da última quarta-feira, 3, os agentes de trânsito flagraram um veículo estacionado em local proibido e, ao consultarem no sistema, constataram uma restrição de roubo e furto.

De acordo com o gerente de operação e fiscalização, Denis Lima, os policiais militares que estavam presentes na operação revistaram o veículo e levaram o condutor e a passageira para a Central de Flagrantes.

“Os agentes fizeram a consulta no sistema e verificaram que o veículo, que é de Minas Gerais, tinha registro de roubo. O carro pertence a uma empresa de aluguel de veículos, por isso, entramos em contato com a empresa e eles nos informaram que tinham registrado um boletim de ocorrência por roubo. Com isso, o condutor foi levado para a delegacia”, explicou o gerente.

Strans agiliza processo de renovação da permissão para mototaxistas

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) reduziu a quantidade de documentos exigidos para a renovação de permissão para mototaxistas e também o prazo de entrega da nova permissão, que antes era de 20 dias e este ano é de apenas cinco dias. Dos 2.315 mototaxistas que precisam fazer a renovação, apenas 252 já procuraram a Strans para se regularizar.

A gerente de Licenciamento e Concessão da Strans, Cintia Machado, informa sobre esse processo. “Estamos fazendo a vistoria com mais agilidade e os mototaxistas que já vieram à sede da Strans estão recebendo o documento no prazo de cinco dias úteis, mas nos anos anteriores o documento era entregue no prazo de 20 dias. Então este ano está tudo mais ágil”, explica.

Ela informa ainda que os documentos exigidos são a permissão do ano anterior, o documento do veículo, a CNH do condutor, o certificado do curso de transporte de passageiro mototáxi e a certidão negativa de débito da PMT. “Aperfeiçoamos o processo tanto em relação à documentação exigida, que diminuiu, no prazo da entrega do documento da renovação e assim o processo está menos burocrático”, enfatiza.

Os mototaxistas têm até o dia 15 de agosto para fazerem a renovação, mas é importante que os profissionais compareçam o quanto antes à Strans. “Estamos alertando a todos para que venham o mais rápido possível, pois assim eles poderão trabalhar com mais tranquilidade com a permissão renovada”, acrescenta a gerente.

A outra novidade é que os mototaxistas que precisarem pagar algum tipo de multa administrativa por desrespeito ao Código Disciplinar no Regulamento do Mototaxi, recebem o boleto e podem pagar em qualquer correspondente bancário do Banco do Brasil. “Estamos emitindo os boletos com os valores da multas administrativas, com isso ganhamos mais agilidade no serviço e segurança para os permissionários”, afirma Cintia.

A presidente do Sindicato dos Mototaxistas do Estado do Piauí (Simest), Danúbia Araújo Ribeiro, considera que a redução da quantidade de documentos para renovação da permissão foi muito boa para todos. “Estamos conseguindo renovar nossa permissão de maneira mais rápida. Demorei uns vinte minutos para fazer todo o processo na Strans e com isso a gente perde menos tempo de serviço. Além disso, estamos recebendo o documento em apenas cinco dias, o que é maravilhoso, pois antes a gente esperava até trinta dias e ficava trabalhando muito tempo sem o documento, mas agora é tudo mais rápido”, analisa.

Mototaxista desde 2003 no sistema de mototaxi de Teresina, Adonias Gomes da Silva ficou surpreso com a agilidade da vistoria na moto e da renovação da permissão. “Aprovo essa forma mais fácil e rapidamente vou voltar para o trabalho. Além disso, vou receber a permissão em cinco dias, o que antes demorava até quase trinta dias. Melhorou bastante, só podemos agradecer”, fala.